Bolivia poderá abrir processo contra a Ubisoft

Não é a primeira vez que a Ubisoft é ameaçada de processo por causa de seus jogos e desta vez quem esta com a produtora na mira é o governo da Bolívia que não esta de acordo com a representação do país em Ghost Recon Wildlands e está disposto a entrar com uma ação legal contra a empresa.



O ministro boliviano, Carlos Romero, afirma que antes de entrar com uma ação legal contra a empresa, prefere negociar com a Ubisoft França. Ao que parece, ver o seu país ser controlado por senhores da droga num jogo, incomoda o governo boliviano.

A Ubisoft afirmou ao GameSpot que Tom Clancy's Ghost Recon: Wildlands é um trabalho de ficção tal como os filmes ou séries e que como todos os jogos da série, acontecem num ambiente inspirado pela realidade, mas com um ambiente totalmente diferente, totalmente imaginado.

Segundo a Ubisoft, a Bolívia foi escolhida por causa da sua cultura rica e pela sua bela topografia, escolha esta feita para agradar os jogadores que gostam de explorar os mapas dos jogos e admirar a beleza dos locais.

Tom Clancy's Ghost Recon: Wildlands chega em 7 de março para PS4, Xbox One e PC.


Fonte:gamevicio
Share on Google Plus

About Unknown

    Facebook Comment
    Blogger Comment

0 comentários:

Postar um comentário